Expertise Competitiva: Aprendizagem Personalizada

Carga horária no certificado: 60 horas

⭐⭐⭐⭐⭐ 187.205 alunos     🌐 Português       🎓 Certificados em PDF no e-mail

Expertise Competitiva: Aprendizagem Personalizada

Carga horária no certificado: 60 horas

⭐⭐⭐⭐⭐ 187.205 alunos

🌐 Português    🎓 Certificados em PDF no e-mail

Este curso inclui:

📖 Material didático ilustrado

🎓 Certificado do curso (PDF)

🎓 Certificados dos módulos (PDF)

💻 Acessos mobile e desktop

♾️ Acesso total vitalício

.

Onde usar os certificados:

💼 Processos Seletivos (Vagas de emprego)

🏆 Prova de Títulos (Empresa)

👩‍🏫 Atividades Extras (Faculdade)

📝 Pontuação (Concursos Públicos)

Quais certificados você recebe nesse curso?

  1. Expertise Competitiva: Aprendizagem Personalizada (60 horas)
  2. Andragogia: Como Realmente Aprendemos (20 horas)
  3. Tornando a Aprendizagem uma Vantagem Competitiva (10 horas)
  4. Abraçando a Aprendizagem Personalizada (10 horas)
  5. Aprendizagem Personalizada e Sobrecarga de Conteúdo (10 horas)
  6. Como Planejar uma Estratégia de Aprendizagem Personalizada (10 horas)
Carga horária no certificado: 60 horas

Capítulo 1: Como Realmente Aprendemos

Você sabe o que é a expertise competitiva?

Talvez você nunca tenha reparado, mas são raras as empresas que usam todo o conhecimento existente sobre a ciência da aprendizagem. E isso é surpreendente, já que poderia ajudar muitos funcionários a construírem novas habilidades, aumentando, assim, seu desempenho profissional e a produtividade.

Existe um profissional chamado engenheiro de aprendizagem (que muitos sequer já tenham ouvido falar), que pode ser resumido como o especialista em ajudar corporações a entenderem toda a ciência existente por trás da aprendizagem. Em alguns casos, é contratado para ser um guia, capaz de extrair o máximo de seus colaboradores, multiplicando conhecimentos.

Esse trabalho entende que tanto cognição quanto motivação precisam ser considerados para aprender. Afinal, esse processo leva em conta o que já temos na mente, juntando o que dominamos com aquilo que temos vontade de entender melhor.

Por isso, é preciso começar, persistir e dedicar esforço mental para absorver novas informações.

Sem vontade, ninguém aprende. E é preciso personalizar a transmissão de ensinamentos para que seu resultado seja positivo.

Nós só aprendemos quando nos interessamos e temos vontade de estar naquele local que irá nos ensinar, seja uma empresa ou uma escola.

Se agora faz mais sentido enxergar os tempos da escola, em que muitos ficavam mais interessados na bagunça do que na lousa, é sinal de que a tarefa de gerar motivação deveria ser o primeiro passo em qualquer atividade de transmissão de conhecimentos.

 

Capítulo 2: Tornando a Aprendizagem uma Vantagem Competitiva

Quando empresas incorporam uma abordagem mais humana em sua cultura, o ambiente se beneficia de uma comunicação melhor, desenvolvendo as carreiras dos profissionais, de maneira que a aprendizagem vira uma vantagem competitiva diante da concorrência.

Não é à toa que vemos tantas companhias oferecendo cursos e formações, internas e externas, para seu quadro de colaboradores. 

Cada vez mais, as corporações notam que se concentrar no poder da aprendizagem beneficia tanto a equipe quanto os próprios negócios, já que todos os novos conhecimentos podem ser aplicados no dia a dia do trabalho.

Investir em aprendizagem é pensar no futuro. 

Uma pesquisa da Deloitte, uma empresa de consultoria, indica que as empresas que seguem essa forma de pensar conseguem multiplicar por três os lucros em períodos médios de até quatro anos. Até porque esse tipo de expediente multiplica a motivação da equipe.

E quanto mais animada uma pessoa, mais ela absorve novos conhecimentos. Assim, cria-se um ciclo virtuoso, com o desenvolvimento pessoal e profissional retornando em desempenho para a empresa.

Em um mundo cada vez mais competitivo, não há alternativa. Pensar apenas nos lucros e resultados é uma atitude atrasada, que ficou para trás. É preciso investir na aprendizagem personalizada, e essa, por sua vez, irá trazer os lucros e resultados tão esperados pelo negócio.

 

Capítulo 3: Abraçando a Aprendizagem Personalizada

Como a empresa faz isso na Era Moderna? Uma das opções mais comuns são as chamadas Universidades Corporativas.

Nos últimos anos, a personalização conquistou ainda mais espaço em todos os segmentos da vida. Nossas experiências diárias ganharam o estilo desejado, desde os lugares frequentados até os aplicativos utilizados.

Basta pensar nas playlists e nas sugestões de filmes em seu streaming de preferência. Com o advento dos algoritmos, é possível registrar todos os passos dados no mundo digital.

E com a aprendizagem não poderia ser diferente. Quanto mais adaptada às características e gostos individuais, melhor será a experiência também na hora de absorver novos conhecimentos.

A melhor maneira, para cada aluno, é a entrega de informações de forma que o aluno seja capaz de adquirir as novas informações facilmente.

Pode ser o tipo de material (vídeo, texto ou jogos interativos, por exemplo), o tempo gasto, a quantidade de material abordado em cada sessão e a ordem em que as novas informações são explicadas. Isso varia para cada aluno, pois todos têm estilos de aprendizagem diferentes.

Para desenvolver uma educação corporativa realmente motivadora, eficiente e produtiva, não se pode pensar em um tamanho único para todos. Deve-se fornecer o conhecimento necessário para preencher as lacunas de cada funcionário, adaptando-se a suas habilidades e conhecimentos, considerando os objetivos pessoais e a trajetória para chegar ao cargo ocupado.

Mesmo a formação acadêmica, as características e funções de cada setor precisam ser detalhadamente analisadas antes de definir qual tipo de conteúdo mais interessa, sejam cursos ou outras formas de qualificação.

Assim, você também ajuda as pessoas a atingirem os objetivos dentro da empresa, impulsionando os resultados e alimentando a vontade de dar o melhor pela companhia. Tem coisa melhor que uma equipe motivada? Para ter isso, é preciso se concentrar na absorção personalizada de novos conhecimentos.

 

Capítulo 4: Sobrecarga de Conteúdo

Uma pergunta: qual sua primeira atitude quando quer aprender algo novo? Muita gente pode recorrer ao Google, mas nem sempre essa resposta é tão simples quanto pode parecer.

Vamos tomar como exemplo as mídias sociais. Uma mera busca traz mais de 250 milhões de resultados. Se você for mais específico e digitar “aprendizagem de mídia social” no navegador, terá como retorno outros 30 milhões de links. É um bom filtro, mas ainda existe um excesso de conteúdos à sua disposição.

E assim como parece tão difícil escolher o filme em seu streaming favorito, também é uma árdua tarefa acompanhar a quantidade de informações criadas diariamente em todo o mundo. O tamanho do universo digital dobra a cada dois anos.

E essa sobrecarga de conteúdo nos esmaga. A busca constante por informação aumenta nossa impaciência. Queremos obter dados imediatamente, mas há um fluxo infinito de novos sites, aplicativos, vídeos virais e textos surgindo.

É preciso selecionar aquilo que realmente importa para você. Afinal, é impossível saber de tudo o tempo todo. Em meio à sobrecarga que inunda a internet, se você não souber ser específico naquilo que quer aprender, ficará desmotivado, pensando que tem problemas de aprendizagem.

Saber filtrar também é uma habilidade.

 

Capítulo 5: Tenha Sucesso com a Tecnologia Certa

Se uma empresa escolhe o uso de uma tecnologia sem antes saber de que maneira ela pode resolver seus problemas atuais, terá um problema pela frente.

É comum, por exemplo, ver corporações convertendo aulas presenciais em cursos online, como esse. Sem entender a demanda interna de aprendizagem, é comum ver a desmotivação e a evasão de alunos crescendo exponencialmente.

Isso porque não foi feito um estudo das necessidades daqueles que compõem a equipe. E por mais que uma aula à distância proporcione aprendizagem sem a necessidade do deslocamento, nem todo mundo se adapta a essa forma de obter conhecimento.

É bom ter em mente que a tecnologia não faz nada pela aprendizagem em si, apenas a torna mais acessível, disponível, repleta de dados para serem consultados

Ao escolher um novo recurso para a solução de problemas corporativos, faz-se necessário um estudo detalhado das formas com que ele poderá impulsionar sua equipe.

Tecnologias não podem ser vistas como brinquedos, distraindo colaboradores como se eles fossem crianças dentro de uma estrutura gigantesca. Para que ela seja aliada, é preciso ir além, estudando e levando a aprendizagem a sério, como uma motivação para melhores resultados.

Mas a verdade é que o aprendizado personalizado não requer necessariamente tecnologia, e tecnologia não é aprendizado personalizado.

A instrução de um treinador e a interação com um grupo presencial são essenciais. Um instrutor pode inspirar e motivar os alunos em sua jornada de aprendizado. Isso vale também para ambientes online, mas nada supera o toque humano presencial.

 

Capítulo 6: Fazendo a Expertise ter Valor

Quando se fala em educação, um erro comum é se referir apenas ao ensino formal, que na maior parte dos casos teve a última atualização feita há algumas décadas. Trata-se de um equívoco.

Por melhor que tenha sido sua formação, ela pode estar defasada. E se especializar em uma função pode fazer toda a diferença em sua trajetória profissional. 

Ser expert em um assunto pode ter muito valor e fazer com que você se destaque em meio à concorrência.

Se no tópico anterior falamos sobre a importância de se livrar da enxurrada de conteúdos, filtrando-os e escolhendo os que lhe interessam, saber tudo de um tópico permite a você destacar onde sua experiência se sobressai em relação à dos demais.

Experiências de aprendizagem personalizadas melhoram o envolvimento dos funcionários e a retenção dos recursos de aprendizagem. Isso porque a customização torna o conteúdo relevante para cada indivíduo.

Adaptar o programa de formação ao estilo de aprendizagem de cada colaborador permite-lhe adquirir novas competências mais rapidamente. Isso ajuda a sua progressão na carreira.

O treinamento personalizado alinha os funcionários com seus objetivos atuais e futuros. Isso os ajuda a identificar novas habilidades necessárias para atingir esses objetivos.

Também ajuda no processo de integração. Novos contratados ficam mais motivados quando recebem suporte para desenvolver as habilidades de que realmente precisam no trabalho.

As empresas com uma abordagem personalizada ao treinamento corporativo têm maior probabilidade de atrair e reter os melhores talentos por meio de requalificação e qualificação. Eles também têm níveis mais altos de engajamento dos funcionários.

Nunca paramos de aprender, e ser um profissional especializado permite ser lembrado na hora de discutir ou resolver determinados problemas que ninguém mais consegue solucionar.

Pare e pense: quantas vezes você não ouviu a palestra de uma personalidade porque só ela sabe tanto sobre aquele tema? Não difere da vida profissional, em geral. Se você é especialista em algo, todo mundo pára pra te ouvir.

Motive-se para aprender, especialize-se a fim de se diferenciar da concorrência. E chegue mais longe, com a vantagem de conhecer os caminhos da maior absorção dos conhecimentos.

 

Capítulo 7: Como Planejar uma Estratégia de Aprendizagem Personalizada

 

Passo 1: defina os objetivos

Seu objetivo é colocar todos os membros de uma equipe no mesmo nível? Ou eles precisam desenvolver habilidades diferentes dependendo de sua função ou objetivos profissionais?

Responder a essas perguntas primeiro ajudará você a identificar a abordagem a ser usada.

Primeiro, você define os objetivos da empresa. Em seguida, trabalhe com funcionários individuais para estabelecer suas metas. Eles devem estar alinhados com suas aspirações pessoais e necessidades organizacionais.

Definir esses objetivos é o primeiro passo crucial. A partir daqui, você poderá definir o ritmo e a metodologia para cada aluno-colaborador.

 

Passo 2: avalie seus funcionários

Depois de definir os objetivos, você precisa avaliar os conhecimentos e habilidades de cada funcionário.

Você deve elencar para cada funcionário quais habilidades ele aprendeu anteriormente e qual é o seu nível de conhecimento atual.

Isso pode ser feito, por exemplo, analisando seu currículo usando análise de texto ou solicitando que preencham um formulário simples com habilidades em linhas e níveis de conhecimento em colunas (habilidade ou matriz de competência).

 

Passo 3: crie a jornada de aprendizado

Crie experiências de aprendizado personalizadas para cada funcionário.

Certifique-se de que eles incluam instrução individual e em grupo com um instrutor.

Isso permitirá que cada aluno alcance seus objetivos usando métodos adaptados às suas necessidades e capacidades.

 

Passo 4: identificar os materiais de aprendizagem

Decida quais materiais interativos online você usará para apoiar o programa.

Você também pode optar pelo treinamento 100% presencial, entretanto, dependendo da quantidade de colaboradores na empresa, isso se torna inviável.

De qualquer forma, certifique-se de que o conteúdo e os exercícios sejam relevantes e significativos para cada indivíduo.

Caso o material seja online, o software e as interfaces devem ser intuitivos e fáceis de usar.

 

Passo 5: certifique-se de que o material está acessível

Seja um treinamento presencial ou online, você precisará ‘documentar’ e disponibilizar os materiais digitalmente.

É preciso que seu material seja compatível com todos os tipos de dispositivos. Isso inclui celular, tablet e computador.

Você também deve garantir que ele tenha opções de acessibilidade, como legendas e transcrições em vídeos e versões em áudio de textos. Certifique-se de que os alunos possam acessar o material o tempo todo e peça ajuda quando precisar.

 

Passo 6: atribua os instrutores

Engenheiros de aprendizagem são instrutores com base nas necessidades e preferências pessoais de cada funcionário.

É preciso garantir que os instrutores sejam qualificados para facilitar o tipo de grupo misto e o aprendizado individual desejado.

Eles também precisam se sentir confortáveis ​​e confiantes com quaisquer tecnologias usadas para dar suporte ao programa. Eles monitoram o progresso e dão suporte quando necessário. Eles também ajudam os alunos a se manterem motivados e responsáveis.

 

Passo 7: use exercícios relevantes e significativos

Um programa de treinamento bem-sucedido não depende muito da teoria.

Em vez disso, ele se apoia em exercícios relevantes e significativos que facilitam o aprendizado e a retenção.

Os exercícios práticos ajudam os alunos a reter mais do que quando recebem informações passivamente.

A aprendizagem personalizada também pode depender mais de instruções e orientações fornecidas diretamente no contexto de trabalho, treinando um funcionário em uma tarefa em tempo real ou projetando uma campanha em conjunto. O feedback e a reflexão em tempo real aceleram o aprendizado nessas configurações.

 

Capítulo 8: Exemplos de Aprendizagem Personalizada

 

1. Columbia Business School

O canal do YouTube da Columbia Business School é um exemplo de microlearning. 

Sua estratégia de microconteúdo oferece flexibilidade aos alunos e facilita o aprendizado móvel.

Suas aulas são curtas e focadas em um único tópico. Isso dá aos alunos acesso fácil a informações relevantes e precisas do que precisam saber naquele momento.

As lições curtas apresentam membros do corpo docente e alunos que analisam tópicos complexos de negócios, com problemas e soluções reais já vivenciados pela empresa.

É uma espécie de “histórico de problemas complexos já solucionados pela empresa”.

Isso torna o conteúdo mais envolvente e ajuda a melhorar os resultados de aprendizagem.

 

2. Air Methods

Air Methods é uma empresa de helicópteros no Colorado. Ele fornece um serviço de transporte médico para 100.000 pessoas por ano.

Ser responsável por tantas vidas requer treinamento do mais alto padrão.

Usando um sistema de aprendizado baseado em nuvem, eles recorreram à inteligência artificial para identificar os tópicos nos quais os pilotos estavam ‘lutando mais’ para aprender e criaram questionários e jogos para seu aprendizado.

Ao usar questionários e jogos frequentes e curtos, os pilotos se envolveram e a organização foi capaz de identificar facilmente as áreas em que mais treinamento era necessário e áreas em que eles já estavam no nível de excelência adequado para a profissão.

Isso também ajudou a empresa a atrair novos talentos, bem como economizou dinheiro, cortando suas despesas com treinamento presencial em 50%.

 

3. LaSalle Network

A LaSalle Network é uma empresa de recrutamento. Ela faz questão de perguntar regularmente a seus colaboradores quais habilidades eles desejam desenvolver ou quais áreas os interessam.

Não apenas os gerentes de RH fazem essas perguntas, mas também gerentes e mentores em todos os níveis da organização.

A partir do levantamento de conhecimentos que querem ser adquiridos pelos colaboradores individualmente, uma equipe responsável monta um curso personalizado, alinhando os conceitos do que se quer aprender com os problemas que podem aparecer na rotina de trabalho desse colaborador.

 

Capítulo 9: Considerações Finais

Expertise Competitiva

Aprender também é um exercício.

E quando falamos do ensino voltado ao mundo profissional, é fundamental trabalhar para que essa seja uma tarefa feita com motivação e de maneira contínua, permitindo que resultados positivos não sejam apenas de cunho pessoal, mas beneficiando toda sua equipe.

Empresas capazes de estimular esse processo em seus colaboradores verão resultados crescendo progressivamente, impulsionando também a vontade coletiva de alcançar objetivos em comum.

O investimento na aprendizagem pode ser a causa de melhores números nos negócios.

Esperamos que tenha gostado desse curso online profissionalizante de Expertise Competitiva: Aprendizagem Personalizada.

Desejamos a você todo o sucesso do mundo. Agora você pode solicitar os seus certificados se assim o desejar. Até o próximo curso!

De R$159,90

por R$47,00 

⏱️ Valor promocional

Este curso inclui:

📖 Material didático ilustrado

🎓 Certificado do curso (PDF)

🎓 Certificados dos módulos (PDF)

💻 Acessos mobile e desktop

♾️ Acesso total vitalício

.

Onde usar os certificados:

💼 Processos Seletivos (Vagas de emprego)

🏆 Prova de Títulos (Empresa)

👩‍🏫 Atividades Extras (Faculdade)

📝 Pontuação (Concursos Públicos)

Dúvidas? Fale conosco no WhatsApp