30 Curiosidades sobre o mundo – Parte 1

1- Pessoas feias ganham menos (nos teste realizados, a produtividade das pessoas consideradas bonitas foi a mesma que as “comuns”, mas elas mostraram muito mais confiança, característica atraente para os empregadores, informa a pesquisa da Why Beauty Matters, publicada pelos economistas norte-americanos Markus M. Mobius e Tanya S. Rosenblat na revista American Economic Review. A avaliação final mostra que de 15% a 20% da vantagem da beleza provém da autoconfiança. A comunicação oral contribui com 40%, e a visual com outros 40%).

2- Elvis Presley era coveiro, como todos em sua família antes dele.

3- Antigamente, os Europeus chamavam as girafas de “camelopardo”, pensado que os seus antepassados seriam um camelo e um leopardo.

4- 4% da riqueza mundial é o suficiente para amenizar as necessidades básicas do mundo.

5- 45% dos Americanos não sabem que o Sol é uma estrela.

6-7% dos americanos comem diariamente no McDonald’s.

7- Quarta-feira é o pior dia da semana (Pesquisa liderada pelos cientistas Peter Dodd e Christopher Danforth da Universidade de Vermont, Estados Unidos, revelou que a maior parte dos internautas consideram a quarta-feira o pior dia da semana. De acordo com o site ITProPortal Dodd e Danforth dizem ter projetado um sistema inovador que pode medir a felicidade coletiva analisando os sentimentos da pessoa através da avaliação de seus tweets e posts em blogs).

8- Dez % das receitas da Rússia vêm da venda de Vodka.

9- A primeira bomba derrubada pelos aliados em Berlim, durante a Segunda Guerra Mundial, matou o único elefante do Jardim Zoológico que existia na cidade.

10- A American Airlines economizou 40 mil dólares em 1987 eliminando uma azeitona de cada salada servida na primeira classe.

11- Fumantes têm filhos mais agressivos (Além de todos os males que o cigarro causa, pesquisadores agora descobriram que filhos de mães fumantes podem ser mais agressivos que outras crianças. O estudo, conduzido por cientistas da Universidade de Montreal, no Canadá, constatou que aquelas que fumam mais de 10 cigarros por dia têm chances 67% maiores de ter um filho violento. O uso de drogas e atitudes anti-sociais também são comportamentos comuns encontrados nessas crianças. O estudo faz parte de uma investigação maior feita sobre a situação das crianças canadenses).

12- A Antártida é o único continente que não tem nenhuma zona terrestre abaixo do nível do mar.

13- A Antártida é o único continente sem répteis.

14- Buscas no Google poluem o mesmo que uma chaleira elétrica.

15- A Austrália é o sexto maior país (em termos de área) do Mundo com 7.682.300 quilômetros quadrados. Possui 3.983 quilômetros de extensão de leste para oeste e 3.138 quilômetros de sul para norte. Possui 36.375 quilômetros de litoral. A população Australiana é estimada em 18.348.700 habitantes (senso de 2001), o que significa apenas 2 habitantes por quilometro quadrado.

16- A barba mais longa media 1.83 metros e pertencia ao indiano Shamsher Singh. A medida foi feita desde o queixo até à ponta da barba, em 18 de Agosto de 1997.

17- A biblioteca da Universidade de Indiana afunda 2 cm por ano porque, quando foi construída, os engenheiros esqueceram-se de incluir o peso dos livros no cálculo das fundações.

18- A cada ano, 98% dos átomos do nosso corpo são substituídos.

19- A Coca-Cola era originalmente verde, e a Islândia é o país com o maior consumo per capita do mundo.

20- Cerca de 40% dos textos no Twitter são inúteis – A categoria “mensagens inúteis” domina os textos publicados no serviço de microblog Twitter, segundo a empresa de pesquisa Pear Analytic. Em um recente estudo, a companhia divulgou que esse tipo de mensagem (pointless babble, em inglês) responde por 40,55% de todas aquelas publicadas no site. Para chegar a essa conclusão, foram analisados 2 mil twitts escritos em inglês, durante duas semanas.

21- Fanatismo por futebol pode prejudicar futuro profissional – Pesquisa, feita entre 900 gerentes de empresa pela agência de emprego TheLadders.co.uk, aponta que pessoas podem ter problemas com seus chefes se expressarem seu amor ao time no trabalho – principalmente se não for o mesmo de seu superior. A mencionada agência, que opera na internet, adverte que mostrar de forma pública um interesse particular por um time de futebol pode fazer com que o funcionário leve um “cartão vermelho”. Por outro lado, ter o chefe no mesmo lado da torcida pode representar uma eventual promoção.

22- Alunas de escolas só para meninas preferem rapazes com rosto feminino – Uma pesquisa britânica sugeriu que alunas de escolas exclusivamente para meninas sentem maior atração por meninos com feições femininas. Já no caso das escolas exclusivas para meninos, o ambiente escolar parece exercer uma influência menor na atração pelo sexo oposto. De acordo com o estudo liderado pela Universidade St. Andrews, na Escócia, a preferência em relação ao rosto de meninas não muda, mas há uma tendência de os meninos buscarem a companhia de rapazes com feições mais masculinas. A pesquisa foi feita com 240 adolescentes com idades de 11 a 15 anos, que estudavam em escolas mistas ou exclusivas para um ou outro gênero. Eles observaram fotos de pessoas com rostos levemente alterados por computador que ficavam mais femininos ou masculinos, e responderam a um questionário.

23- Comprovado que pessoas perdidas andam em círculos – Um estudo elaborado pelo Instituto Max Planck de Biologia Cibernética em Tubingenna na Alemanha descobriu que as pessoas realmente andam pelos mesmos lugares quando não têm pontos de referência confiáveis. Segundo os pesquisadores Jan Souman e Marc Ernst, os cientistas usaram sistemas GPS para registrar os caminhos. Os resultados mostraram que os andarilhos só conseguiam manter uma linha reta quando o sol ou a lua eram visíveis. Quando o sol sumia atrás de algumas nuvens, as pessoas começavam a andar em círculos sem perceber.

24- Piolho prejudica aprendizado – A pediculose, ou infestação por piolhos (Pediculus capitis), afeta tanto a saúde física quanto a mental das crianças em idade escolar, o que reduz a auto-estima e leva a dificuldades de aprendizado. Relacionada a fatores socioeconômicos, é vista pela população e pelo poder público como um incômodo, e não um como problema de saúde. Essas são algumas das conclusões de pesquisas realizadas pelo professor Newton Madeira, do Departamento de Parasitologia do Instituto de Biociências, campus de Botucatu.

25- A Coca-Cola foi inventada em Atlanta, Georgia nos EUA pelo Dr. John S. Pemberton em 1886; a Pepsi Cola foi inventada por Caleb Bradham 12 anos mais tarde. A 7Up foi inventada por Charles Leiper Grigg em 1929. A bebida mais popular do mundo, o chá, foi inventado por um imperador chinês no ano 2737 antes de Cristo.

26- A coroação da rainha Elizabeth II foi marcada para o dia 2 de junho de 1953, em parte porque os meteorologistas diziam que, no ano inteiro, esse era o dia com mais probabilidades de ser ensolarado. Mas choveu…

27- A Disney World, na Florida abriu ao público em 1971. O parque de diversões era o maior do mundo. Custou 400 milhões de Euros e durante o primeiro ano o número de visitantes não foi o esperado. Apenas 10.000 pessoas visitaram o parque nesse ano. Hoje em dia, o parque recebe 10.000 visitantes por dia.

28- A doença conhecida mais antiga do mundo é a lepra, cujos primeiros registros datam de 1350 a.C.. Apesar da idade, um tratamento rápido e eficaz contra ela só foi descoberto no início dos anos 80, com o desenvolvimento da quimioterapia. A moléstia é causada pela bactéria Mycrobacterium Leprae, e ataca principalmente os nervos e a pele, podendo causar deformações em estágios mais avançados. Devido ao preconceito com o qual a doença é encarada, o seu nome foi mudado em alguns países para hanseníase.

29- A expressão “barreira do som” nasceu da ideia (errada) de que a velocidade do som era o limite da velocidade de vôo de um avião. Esta idéia mudou completamente quando o primeiro avião atingiu uma velocidade “supersônica” (acima da barreira do som). A primeira vez que se atravessou a barreira do som foi no dia 13 de Fevereiro de 1947. Quem o fez foi um piloto de ensaios de nome Chuck Yeagen, no avião foguete Bell X-1.

30- A falta de lanchas de salvamento suficientes foi o argumento usado pelo novelista inglês Morgan Roberson, no seu livro “Futilidade”, como causa da morte de grande parte dos passageiros do transatlântico “Titán”, que, no romance, batia num iceberg. O navio fazia uma viagem inicial e era, na imaginação do escritor, a maior embarcação jamais construída pelo homem. O livro foi escrito catorze anos antes da partida do Titanic do porto de Southampton. Ele também fazia a sua primeira viagem – e última. O imaginário “Titán” e o verdadeiro Titanic eram aproximadamente do mesmo tamanho, transportavam o mesmo número de passageiros – três mil – e atingiam a mesma velocidade. Ambos afundaram no mesmo ponto do atlântico Norte pelo mesmo motivo.

Assine nossa Newsletter e receba promoções

Receba nossas novidades e promoções assinando nossa newsletter.