PROCESSO DECISÓRIO NAS EMPRESAS (50 horas)
secretariado
SECRETARIADO (50 horas)
6 de outubro de 2015
liderança
LIDERANÇA (60 horas)
12 de outubro de 2015
processo decisorio
o-processo-decisorio-organizacional

Últimos Comentários

Total: 302 Comentários

10 Comentários

  1. […] • Processo Decisório nas Empresas (carga horária no Certificado: 50 horas) […]

  2. […] • Processo Decisório nas Empresas (carga horária no Certificado: 50 horas) […]

  3. […] • Processo Decisório nas Empresas (carga horária no Certificado: 50 horas) […]

  4. […] • Processo Decisório nas Empresas (carga horária no Certificado: 50 horas) […]

  5. […] • Processo Decisório nas Empresas (carga horária no Certificado: 50 horas) […]

  6. […] • Processo Decisório nas Empresas (carga horária no Certificado: 50 horas) […]

  7. […] • Processo Decisório nas Empresas (carga horária no Certificado: 50 horas) […]

  8. […] • Processo Decisório nas Empresas (carga horária no Certificado: 50 horas) […]

  9. […] • Processo Decisório nas Empresas (carga horária no Certificado: 50 horas) […]

  10. […] Administrar uma decisão é fazer uma escolha racional, dentre alternativas disponíveis e que se faz presente em todos os níveis da organização (estratégico, tático e operacional). A tomada de decisão identifica problemas e tem por objetivo criar soluções para lidar com uma situação em específico ou extrair vantagens em uma oportunidade de escolha. Toda organização é constituída e se desenvolve a partir de decisões corretas que, no seu conjunto, singularizam a sua identidade e determinam seu nível de qualidade. Já a falta de planejamento nas empresas pode levar a decisões erradas e, inclusive, pode fazer a pessoa agir única e exclusivamente pelo impulso, sem analisar os fatores de risco e sem considerar os resultados das decisões corretas anteriores que são de extrema importância. É algo comum no nosso dia-a-dia, pois, com o tempo escasso e os diversos compromissos, costumamos tomar qualquer decisão que na hora “H” pareça a mais correta sem pensar nas suas consequências. Mais informações… […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *